"FÉ, CORAGEM E O CHAMADO EM VIVER DE MISSÕES"

VIVER OU MORRER EM MISSÕES!!!

E SE OS ESPINHOS ME SUFOCAREM?


“De manhã, Senhor, ouves a minha voz; de manhã te apresento a minha oração e fico esperando” – Salmo 5:3.

 Agosto de 2012!

E SE OS ESPINHOS ME SUFOCAREM?

Bom dia!

De todas as Parábolas que Jesus Cristo contou, há uma que sempre me provoca, ou, me faz refletir com muito mais cuidado os seus ensinamentos. É a Parábola do Semeador.

Quero só examinar com você um pouco o significado de uma parte dela.

“O semeador semeia a palavra. São estes os da beira do caminho, onde a palavra é semeada; e, enquanto a ouvem, logo vem Satanás e tira a palavra semeada neles. Semelhantemente, são estes os semeados em solo rochoso, os quais, ouvindo a palavra, logo a recebem com alegria. Mas eles não têm raiz em si mesmos, sendo, antes, de pouca duração; em lhes chegando a angústia ou a perseguição por causa da palavra, logo se escandalizam. Os outros, os semeados entre os espinhos, são os que ouvem a palavra, mas os cuidados do mundo, a fascinação da riqueza e as demais ambições, concorrendo, sufocam a palavra, ficando ela infrutífera. Os que foram semeados em boa terra são aqueles que ouvem a palavra e a recebem, frutificando a trinta, a sessenta e a cem por um.”
Marcos 4:14-20

O que me chama a atenção nesta Parábola é a “semente que caiu entre os espinhos”.

Usando a minha vida como exemplo, eu posso dizer com certeza que passei do estágio em que a semente caiu na beira do caminho. Satanás não conseguiu roubar a semente. Louvado seja o Senhor!

Também passei do estágio da semente que caiu em solo rochoso. O Senhor conseguiu aprofundar as Suas raízes em minha vida, e nem a angústia ou a perseguição conseguiram fazer com que eu me desviasse do caminho do Senhor. Novamente, louvado seja o Seu Nome por isso!

Ah, mas essa semente que caiu entre os espinhos me intriga muito! Veja como Mateus, Marcos e Lucas falam dessa semente.

“O que foi semeado entre os espinhos é o que ouve a palavra, porém os cuidados do mundo e a fascinação das riquezas sufocam a palavra, e fica infrutífera.” – Mateus 13:22.

“Os outros, os semeados entre os espinhos, são os que ouvem a palavra, mas os cuidados do mundo, a fascinação da riqueza e as demais ambições, concorrendo, sufocam a palavra, ficando ela infrutífera.” – Marcos 4:18-19.

“A que caiu entre os espinhos são os que ouviram e, no decorrer dos dias, foram sufocados com os cuidados, riquezas e deleites da vida; os seus frutos não chegam a amadurecer.” – Lucas 8:14.

Não gosto de trabalhar com suposições, tipo “E se...”, mas vou fazer isso por uns instantes.

Talvez eu até possa dizer que a semente do Evangelho caiu em terra boa, e está produzindo muitos frutos. Mas, e se as riquezas chegassem, será que eu estaria preparado para elas? Se eu ganhasse agora R$ 1.000.000,00, será que isso não abalaria a minha estrutura? Será que as riquezas e as facilidades que eu teria não “sufocariam” a palavra dentro de mim?

Como eu nunca tive tanto dinheiro, sinceramente, não posso responder. Poderia dizer como muitos dizem: “Isso nunca aconteceria comigo! Jamais abriria mão da minha fé!”. Mas lembro do exemplo do apóstolo Pedro negando Jesus, mesmo depois de afirmar com convicção de que jamais abandonaria o Mestre.

E eu tenho absoluta certeza de que quando a Bíblia fala que “enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e desesperadamente corrupto, quem o conhecerá?” (Jeremias 17:9), ela está falando isso para mim.

Quando Paulo fala que “aquele que pensa que está em pé, cuide para não cair” (1 Coríntios 10:12), ele disse isso pensando em mim.

Lembra do que aconteceu com Demas, um dos companheiros de ministério do apóstolo Paulo? Paulo diz que “Demas, tendo amado o presente século, me abandonou.” (2 Timóteo 4:10). Se aconteceu com Demas, será que não pode acontecer comigo ou com você?

Claro que tenho absoluta certeza de que Àquele que começou a boa obra em mim, também há de completá-la (Filipenses 1:6), mas existem muitas advertência em toda a Bíblia quanto ao perigo que a fascinação pelas riquezas e pelas coisas deste mundo podem causar. E infelizmente tenho visto muitos tropeçarem por causa dessa “corrido pelo ouro”.

E foi o próprio Senhor Jesus quem disse que “aquele que perseverar até o fim, esse será salvo”. E é por esse motivo que uma das orações que mais faço é a que se encontra em Provérbios 30:7-9“Eu te peço, ó Deus, que me dês duas coisas antes de eu morrer: não me deixes mentir e não me deixes ficar nem rico nem pobre. Dá-me somente o alimento que preciso para viver. Porque, se eu tiver mais do que o necessário, poderei dizer que não preciso de ti. E, se eu ficar pobre, poderei roubar e assim envergonharei o teu nome, ó meu Deus.”

Que o Senhor me guarde, e também a você, para jamais virmos a ser sufocados por esses “espinhos”!

Deus te abençoe!

Sérgio Müller

2 comentários :

Redes Sociais

Deixe seu Comentário

AS POSTAGENS MAIS LIDAS

Onde Você Está???

Locations of Site Visitors