"FÉ, CORAGEM E O CHAMADO EM VIVER DE MISSÕES"

VIVER OU MORRER EM MISSÕES!!!

EU ME PERGUNTO ONDE ESTÁ A EDUCAÇÃO E O RESPEITO DESSA GERAÇÃO?


EU ME PERGUNTO ONDE ESTÁ A EDUCAÇÃO E O RESPEITO DESSA GERAÇÃO?



Infelizmente a falta de respeito, principalmente para com os mais velhos é um fato. Sou de um tempo que ser EDUCADA e chamar os mais velhos de senhor ou senhora mostrava que nossos pais tinham dado uma excelente educação para seus filhos. Recebíamos Educação diárias de nossos pais de nossos professores e também de nossos avós. Eles nos orientavam como deveríamos nos comportar na casa de estranhos e na frente das pessoas, quando estivéssemos na casa de alguém, tínhamos que ser educados e serviçais todo o tempo.

Aprendíamos a cumprimentar quando chegássemos ou quando acordávamos, aprendemos as palavrinhas abençoadas como por exemplo: por favor, da licença, senhor e senhora, obrigada, pode deixar que eu faco, não se preocupe e não tem porque. Tínhamos que ajudar os mais velhos nos afazeres da casa sem ninguém estar pedindo, quando víamos a sujeira já íamos limpando para ajudar nossos avós, vizinhos, visitas e nossos pais, mais hoje a maioria dos jovens poucos sabem o que realmente isso significa.

É lamentável, mas é um fato. São filhos que menosprezam os pais porque envelheceram. São netos que desprezam ostensivamente os avós, porque envelheceram mais ainda. E, principalmente, jovens que, por serem jovens se acham no direito de menosprezar os idosos que encontram pela frente, com atitudes debochadas, ridicularizando certas deficiências que esses idosos, por vezes, tem para sua locomoção. 

Um fato que me revoltou, foi ver um garoto, de seus 17, 18 anos, tremendamente chateado porque "tinha que acompanhar aquele velho chato (seu avô), pois esse inútil não é capaz nem de andar sozinho". 

Não aguentei tal comentário. Pedi ao "velho chato" que sentasse um pouquinho num banco do jardim da praia, catei o garoto pelo braço e simplesmente perguntei a ele, quantas vezes que seu avô o havia pegado pela mão para ensiná-lo a andar quando era pequeno. Lembrei a ele que se todos o tivessem desprezado "porque ele não era capaz de andar sozinho", possivelmente estaria engatinhando até hoje. 

Quanto ao fato de ter nojo "do velho" porque ele não mais conseguia controlar suas necessidades fisiológicas, procurei lembrá-lo de que, quando bebê, também ele foi trocado um sem número de vezes, possivelmente pelo próprio avô ou avó, pois ele não conseguia controlar suas necessidades. O garoto tentou defender-se dizendo que era diferente, pois ele era criança e precisava ser ajudado. 

Fiz ele ver e entender que, muito mais do que uma criança, um velho incapaz merece ser ajudado, e muito, pelo tanto que já fez pela família, pela comunidade, por todos, enfim. Acredito que talvez uma pequena luz tenha entrado na cabecinha daquele criatura, principalmente quando eu o fiz ver que, com sorte, ele também iria chegar nesse ponto de voltar a precisar dos outros até para as menores necessidades e o que ele preferiria encontrar: se quem lhe estendesse a mão para ajudar, ou quem o empurrasse para cair mais depressa. 

Pessoas como esse rapaz precisam entender que até mesmo os velhos que só estão "ocupando espaço", que é como eles gostam de definir, merecem todo o respeito e toda a consideração, mais ainda do que os outros plenamente capazes, pois já viveram e trabalharam muito. Fizeram sua parte. E já que nossas autoridades não são capazes de proporcionar um fim digno para quem tanto já fez, pelo menos aqueles que tem condições de dar um amparo, e principalmente os familiares que tanto já usufruíram de seu trabalho, devem se sentir, não na obrigação, mas no dever de fazer alguma coisa por eles. 

Hoje, além de defender os direitos de quem já chegou lá, estou trabalhando também em causa própria, pois sei que logo vou estar chegando lá também. Espero que filhos, netos e demais, entendam que hoje no mundo onde a população com mais de 65 anos aumenta em inéditas 795 mil pessoas todo mês, cuidar das necessidades dos idosos se tornou uma das questões de maior importância. “Nunca houve tantos idosos no mundo e nós precisaremos avaliar mais de perto como os países reagem aos desafios e às oportunidades que surgem com o envelhecimento”.

Nosso Criador também se interessa pelos idosos. Na verdade, sua Palavra, a Bíblia, nos dá orientações sobre como eles devem ser tratados. A lei de Deus, dada a Moisés, estimulava o respeito pelos idosos. Ela declarava: “Deves levantar-te diante do cabelo grisalho e tens de mostrar consideração para com a pessoa dum homem idoso.” (Levítico 19:32)

Os adoradores obedientes de Deus deviam ‘levantar-se’ diante de uma pessoa idosa (1) como sinal de respeito e (2) como evidência do temor reverente que tinham de Deus. Assim, os idosos deviam ser honrados e tidos como pessoas valiosas. — Provérbios 16:31; 23:22.

Embora hoje os cristãos não estejam sob a Lei mosaica, seus princípios revelam os pensamentos e as prioridades de Deus, não deixando nenhuma dúvida a respeito da grande consideração que ele tem pelos idosos. Entre os cristãos em Jerusalém, naquele tempo, havia algumas viúvas necessitadas. Com certeza várias delas eram idosas. Os apóstolos designaram sete “homens acreditados” para certificarem-se de que essas mulheres recebessem alimentos diariamente, de maneira ordeira, considerando esse cuidado especial como uma “incumbência necessária” da congregação. — Atos 6:1-7.

É claro que as pessoas que respeitam a vontade de Deus não precisam de leis para tratar os idosos com dignidade e respeito. Durante seu ministério, Jesus mostrou consideração pelos idosos. Também o salmista orou: “Não me lances fora no tempo da velhice; não me deixes quando meu poder falhar.” (Salmo 71:9) O salmista não se sentia abandonado por Deus, mas reconhecia sua própria necessidade de confiar cada vez mais no seu Criador à medida que ia envelhecendo.

Os idosos querem ser respeitados. Precisam tomar decisões e sentir que ainda são donos da sua vida. Embora sua capacidade física diminua com a idade, os que mantêm a mente ativa em geral continuam bem lúcidos.  É verdade que talvez não pensem tão rápido como quando eram mais jovens nem aprendam coisas novas tão ligeiro. 

Mas não devem ser deixados de lado e nem deve seu papel na família ser usurpado; tampouco devem outros assumir as tarefas que os idosos preferem eles mesmos fazer. Isso seria frustrante, desanimador e os faria sentir-se inaptos e até mesmo inúteis. Mesmo quando estão incapacitados por derrame cerebral ou outra doença, os idosos ainda querem ser tratados com dignidade. Não gostam que outros falem ou ralhem com eles como se fossem crianças. Ainda que não consigam falar, geralmente podem ouvir, e é compreensível que sejam sensíveis. Às vezes, por excesso de remédios, talvez pareçam senis, quando na verdade não são. 

Assim, a empatia, mais do que qualquer outro sentimento, pode ser a chave para se cuidar deles de maneira adequada. Visto que há casos em que os idosos ficam confinados em casa, precisam sentir que não foram esquecidos. Gostam de receber visitas. Assim, como podemos “mostrar consideração” pelos idosos? Mostre que você se importa. Dê-lhes honra, reconhecimento e trate-os com dignidade recorrendo à sua perspicácia e sabedoria.

O respeito pelos mais velhos é na verdade uma demonstração de nossa reverência a Deus. Por sua vez, quando os idosos mostram genuína gratidão pela ajuda que recebem, fica mais fácil para que outros lhes deem ajuda amorosa e respeitosa. Ajudar os idosos está longe de ser apenas um dever; é um prazer! Deus corresponde a essa lealdade providenciando apoio durante toda a vida da pessoa. (Salmo 18:25) Muitas vezes esse apoio vem da parte de companheiros cristãos.

Em vista do que já foi mencionado, fica claro que todos os que desejam honrar a Deus devem também honrar os idosos, pois eles são, de fato, preciosos aos olhos de nosso Criador. Visto que fomos criados à imagem de Deus, que sempre manifestemos o conceito dele sobre “as cãs”. — Salmo 71:18. "Agora também, quando estou velho e de cabelos brancos, não me desampares, ó Deus, até que tenha anunciado a tua força a esta geração, e o teu poder a todos os vindouros."...

Uma Mensagem a Consciência  Pastora Ivone Karkle

0 comentários :

Redes Sociais

Deixe seu Comentário

AS POSTAGENS MAIS LIDAS

Onde Você Está???

Locations of Site Visitors